inícioa paróquiapastorais e movimentoprogramaçãoartigosgaleria

A Paróquia

Ao se mudarem para o Portal do Sol I, em meados de 2003, os casais Rosimar/Delfina e Luciano/Marilene convidaram um grupo de casais para a celebração do Terço da Divina Misericórdia, prática esta que trouxeram da Paróquia Santo Inácio de Loyola localizada no Conjunto Riviera de onde vieram

O movimento teve grande aceitação por parte dos moradores que se reuniam semanalmente nas residências. Tiveram então a idéia de convidar o Padre José Valdênio de Andrade Arraes, administrador paroquial da Paróquia Santo Inácio de Loyola, ?nascido em Caririaçu, no Ceará. No dia 12 de julho de 2006, aos 59 anos, o Pe. Arraes, como é conhecido em sua comunidade, completou o jubileu de prata na vida sacerdotal. Há 18 anos, é pároco na paróquia Santo Inácio de Loyola, no Conjunto Riviera. Sua marca é a dedicação aos mais necessitados sendo também um grande incentivador da criação de novas comunidades,? para celebrar uma 1ª missa na comunidade missa esta que aconteceu nas dependências da Administração do Condomínio Portal do Sol I, nascendo alí a idéia da criação de uma Comunidade Católica vinculada à Paróquia Santo Inácio de Loyola. A aceitação foi tamanha que outras missas foram celebradas nas residências dos moradores do Portal I e em 13 de dezembro de 2003 na quadra poliesportiva, durante a celebração da missa, foi colocado em votação a escolha do nome para a comunidade e concorreram dois nomes: Comunidade Santa Luzia e Comunidade Santa Bárbara, sendo escolhida Santa Bárbara por influência do local onde o condomínio foi construído: Fazenda Santa Bárbara.

No ano seguinte, 2004, o padre Arraes apresentou o casal Eduardo e Ana Maria, oriundos da Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística, que se preparavam para mudar para o Portal do Sol II e já freqüentavam a Paróquia Santo Inácio de Loyola, e estes atendendo ao convite, começaram então a participar das celebrações da recém criada comunidade, e logo em seguida trouxeram com eles os casais Maria das Graças/Moacyr e Jussara/Cleber, e em seguida outros também foram chegando como Ana Cristina/Ezequiel, Idiohnny/Carlos Mauricio, Silvana, todas oriundas do terço da misericórdia que foi o início da comunidade.

Com este reforço a Comunidade foi crescendo, sempre sob a influência do Terço da Divina Misericórdia e contando com o apoio do Padre Arraes.

No final de 2005 a Comunidade encaminhou à Arquidiocese um pedido de autorização para se reunir e celebrar provisoriamente na Capela Ecumênica dos Residenciais Alphaville situada no Centro Comercial Alphamall sendo prontamente atendida pelo nosso Arcebispo Dom Washington Cruz, CP que autorizou que as celebrações semanais das missas fossem ali realizadas sempre aos sábados às 19 horas, assumindo a direção espiritual da comunidade o ?Padre Jorge Melonni Filho, então Vigário Paroquial da Paróquia Santo Inácio de Loyola e Administrador Paroquial da Comunidade Nossa Senhora das Dores no Jardim Califórnia?, sobre a orientação do Padre Jorge a comunidade teve um grande impulso já que ele se destacava pela grande disponibilidade em servir, ali celebrando até o segundo semestre de 2007, quando voltou para São Paulo seu estado de origem?.

Em outubro de 2007 o Padre Rodrigo de Castro através de um telefonema a um membro da comunidade fez um convite para que alguém fosse se encontrar com ele para tratarem de assuntos da Comunidade Santa Bárbara e nesta reunião, o casal que compareceu ouviu daquele sacerdote a boa notícia de uma possível ida dele para a comunidade e mais ainda, a possibilidade da mesma vir a ser elevada à Paróquia sendo ele, Padre Rodrigo o Administrador Paroquial.

Com a boa noticia a comunidade não se cabia de tanta de felicidade e animação, e já no mês de dezembro do mesmo ano, no dia do natal nosso Arcebispo Dom Washington, CP já celebrava a missa de instalação da Paróquia, na oportunidade em que foi anunciado para os presentes o decreto de ereção da Paróquia já com o nome de Paróquia Menino Jesus. A missa teve grande participação dos moradores da região e naquele dia nosso Arcebispo já anunciava que a recém criada paróquia nascia com as missões de ser uma paróquia de adoração ao Santíssimo Sacramento, de ajudar no sustento dos seminários e na animação vocacional, despertando as vocações sacerdotais, religiosas e missionárias e de celebrar o mais belo natal da nossa cidade, manifestando ainda seu desejo de ser ali um Santuário ao Menino Jesus de Praga, a Paróquia do Natal!